Perguntas Frequentes

O que é o Kyudo?

Kyudo é a prática de tiro com arco segundo a tradição japonesa. Distingue-se das outras formas de tiro com arco devido à forma particular deste e à forma ritualizada como é efetuado o tiro.

Sugerimos a leitura complementar da nossa página Sobre o Kyudo.

É muito caro praticar Kyudo?

Os custos de praticar Kyudo são baixos. A Federação Portuguesa de Kyudo aluga arcos e outros equipamentos por um valor simbólico aos seus membros. Além disso, o investimento é gradual em função da experiência do praticante: para começar a praticar, um fato de treino e uma meias (de preferência brancas) chegarão. Mais tarde, será necessário comprar o traje, a luva, as flechas, etc., cujos preços variam muito consoante a sua qualidade.

Pode consultar mais informações sobre o equipamento usado na página Sobre o Kyudo: Equipamento.

Posso assistir a uma aula?

A política de assistência e participação em aulas é deixada ao discernimento de cada Clube. Alguns Clubes podem optar por admitir novos membros ou espetadores apenas em datas específicas, como no início da Época ou em Workshops e Eventos por eles promovidos. A Federação em si frequentemente organiza eventos e encontros que representam uma excelente oportunidade para estabelecer um contacto inicial com o Kyudo.

Não obstante, aqueles interessados em assistir ou iniciar a prática de Kyudo podem fazê-lo sem qualquer prejuízo e a qualquer data, sendo apenas necessário para isso entrar previamente em contacto com o responsável do Clube ou Associação.

Sugerimos que consulte a nossa Agenda para se manter informado sobre os eventos programados, bem como a página dedicada aos Clubes e Associações, onde terá toda a informação pertinente sobre os mesmos.

O Kyudo é fisicamente exigente?

Sim e não. Apesar de execução correta dos movimentos ser desafiadora, força e resistência não são fatores muito preocupantes na sua sua aprendizagem. Mentalmente, o Kyudo exige uma grande concentração, não só no tiro, mas em todos os procedimentos que levam ao lançamento da flecha e no Dojo.

Existe alguma restrição de idade ou género?

Não existe restrição de género na prática de Kyudo. A única distinção entre géneros é feita no uniforme.

No que concerne à faixa etária, as restrições podem variar entre Clubes e Federações em escala global. No contexto português, a Federação Portuguesa de Kyudo estabelece a idade mínima de 16 anos, não impondo limite superior.

Qual a principal diferença entre o Tiro com Arco Ocidental e o Kyudo?

O contraste entre o Tiro com Arco Ocidental e o Kyudo é notável pelas suas abordagens e objetivos. No Tiro com Arco Ocidental, a atenção do arqueiro está voltada para o alvo, exterior a si próprio, concentrando-se na precisão e competição, atribuindo possíveis falhas a fatores externos como equipamento e condições atmosféricas.

Por outro lado, o Kyudo adota uma perspetiva mais introspetiva. O praticante não procura apenas a precisão no tiro, mas também a harmonia e a conexão entre o arqueiro, o arco e o alvo e as demais pessoas e locais. As causas do insucesso são procuradas internamente, refletindo a importância da consciência do praticante sobre si mesmo. Movimentos deliberados, postura, respiração e estado de espírito são partes integrantes na prática do Kyudo.

Pode ler mais sobre estas diferenças na página Sobre o Kyudo: Kyudo e o Tiro com Arco Ocidental.

Onde praticar?

A prática de Kyudo em Portugal têm-se centrado em Sesimbra, local onde residiu o mestre Yokokoji e se instalou o primeiro Dojo de Kyudo em Portugal. Desde 2009 a Associação de Kyudo Tradicional tem utilizado a sala polivalente do Pavilhão Municipal de Sampaio – Sesimbra para a prática nos dias de Inverno. Nos dias em que faz bom tempo, na Primavera e no Verão, os treinos desenvolvem-se no novo Dojo ao ar livre, instalado na Rua Ribeira da Faúlha, Cotovia – Sesimbra.

Atualmente, para além do Dojo de Sesimbra, têm-se desenvolvido núcleos de prática em Lisboa e em Almada.

Para mais informações sobre onde pode praticar, consulte a nossa página dedicada aos Clubes e Associações.

Existe algum sistema de graduação no Kyudo?

Longe de ser esse o foco, podem existir de facto graduações no Kyudo. Estas graduações, ou Dan, apesar de serem semelhantes às graduações de outras práticas de Budo, não são refletidas com o uso cintos coloridos ou outros símbolos externos que demonstrem o grau de cada arqueiro. Estas graduações têm apenas como objetivo incentivar a continuação da prática e estudo do Kyudo.

Os exames formais, denominadas de Shinsa, são raros, ocorrendo uma a duas vezes por ano e consistem numa demonstração prática e numa prova escrita. Na Europa é apenas possível fazer exames desde o 1ª Dan até ao 5ª Dan, e ocasionalmente 6º Dan e grau de instrutor Renshi. Graduações mais avançadas terão de ser realizadas no Japão.